17 de fevereiro de 2016

Timeu, o pai de Bartimeu

As informações sobre o pai de Bartimeu não encontramos nos evangelhos, mas podemos obte-las do historiador Flávio Josefo que justificam a referência paterna. Timeu, pai do cego Bartimeu que foi curado por Jesus foi um General que servia a Israel na unidade militar de Betel e que se aposentando do serviço militar tornou-se um cidadão bem sucedido na região, um forte comerciante. Com a chegada dos Romanos na Palestina aconteceu que seus bens foram confiscados e o soldo da aposentadoria cortado.

De cidadão bem sucedido torna-se um revoltoso. Pela formação militar que possuía liderou várias movimentos revoltosos contra os romanos e propunha desestabilizar o governo romano na região.

O contingente militar romano na região o identifica como uma pessoa perigosa à ocupada ção romana na Palestina. Em resumo Timeu foi perseguido, preso e morto crucificado por causa organização de revoltas na região. Após a morte de Timeu, o mal passa para o filho e os romanos mandam arrancar os olhos de Bartimeu para evitar que se tornasse um revoltoso tão perigoso como foi seu pai.

A crucificação dos contrários a ocupação Romano era um expediente muito praticada e um grande número de pessoas foram mortas. Como também era comum eliminar os filhos homens ou torná-los deficientes para que não seguissem o exemplo de seus pais, tornar os filhos cegos de pais revoltosos era muito comum. Passavam a ser um exemplo vivo, “não sigam o exemplo de Timeu.
Fonte: www.abiblia.org


Leia também: Bartimeu, o cego de Jericó
Bartimeu, o cego filho de Timeu
Timeu, o pai de Bartimeu

Nenhum comentário:

Postar um comentário